E agora? Que software devo escolher para integrar com a minha loja online?

“(…) por cada viagem às lojas físicas para comprar bens de grande consumo, os portugueses gastam, em média, pouco mais de 16 euros; online, a compra média ultrapassa os 50 euros. A variação é de 211%.”, Kantar Wordpanel (2015)

A tendência do consumo online tem ganho cada vez mais terreno e os consumidores são cada vez mais exigentes e conhecedores das soluções que os rodeiam e do que, efetivamente, é o melhor e mais seguro para eles.

Ora, a nós, enquanto empresas, cabe-nos saber aproveitar cada oportunidade e garantir que os acompanhamos nas tendências e damos a segurança de que precisam.

Num mundo em que as transações se fazem com tanta rapidez, em que existe uma infinidade de oportunidades por explorar e uma constante mutação de tudo o que nos rodeia, uma coisa é certa: não há tempo a perder.

Por isso, na hora de escolher o software que o vai acompanhar nesta aventura diária pense além da faturação certificada. Esta ferramenta tem de ser um verdadeiro “braço direito”, ao qual pode recorrer a qualquer altura, em qualquer lugar, através de qualquer dispositivo e sem complicações.

Claro que existem requisitos legais a cumprir, mas a faturação é só uma parte das exigências para que o seu negócio ande para a frente.

Nesse sentido, na hora de escolher um software tenha em consideração que:

1 – É fácil de utilizar

E de importar todos os seus dados para o software. Não perdendo as informações que recolheu ao longo do seu percurso.

2 – O software vai acompanhar o crescimento sustentável da sua empresa

Hoje pode até precisar só de um software exclusivo de faturação. Mas e amanhã?
A sua empresa vai crescer, e de hoje para amanhã pode precisar de ter a gestão do seu negócio totalmente integrada, da faturação aos stocks, avenças, tesouraria, POS, adiantamentos, multi-moeda, gestão de estabelecimentos, ou até compras e despesas, por exemplo.

3 – O software adapta-se a si e nunca o contrário.

O seu dia é demasiado cheio de decisões a tomar. Precisa de saber que o software será à sua medida.
O Drive FX antecipou esta necessidade e lançou a primeira loja de Add-ons de Gestão Online em Portugal – a Drive FX Store. Onde pode precisamente encontrar os extras para adicionar ao software, para que possa adaptá-lo ainda mais, e melhor, às suas necessidades específicas.
Pode adicionar tantos extras quantos quiser, e se deixarem de ter utilidade, pode desativa-los.  Sem complicações 😉

4 – O software integra com qualquer plataforma e automatiza os seus processos

Como é possível com a sua loja online Shopkit, ou com qualquer outra plataforma,  através dos plugins e API do Drive FX.

5 – E por fim, se tiver dúvidas, o suporte está lá para si.

Saiba que lhe respondem do outro lado. Saiba o nome da pessoa/empresa com quem pode contar sempre que necessário.
No caso do Drive FX, com o Parceiro Certificado Drive FX e com o Suporte Online, sempre disponível no canto superior direito da sua aplicação.

No fundo, é importante que veja a escolha do seu Software de Gestão como um dos momentos mais importantes para o futuro da gestão da sua empresa.

Nenhuma empresa quer mudar de software todos os anos, e nenhuma empresa quer estagnar no primeiro ano de atividade. Pensando nesta perspetiva, é importante que se veja a compra do software como a escolha do “braço direito”, não como um custo, mas sim como um investimento.

Conheça o seu negócio, e as suas ambições. Saiba onde quer chegar, defina os seus objetivos e faça-se acompanhar do software que descomplica este caminho.