As melhores táticas de CRM para pequenos negócios

O mundo está cada vez mais automatizado – de modo geral, parece algo positivo. A Google já tem carros que se guiam sozinhos, podemos perguntar aos nossos smartphones onde devemos almoçar e conseguem dar-nos boas respostas e até já existem máquinas que fazem o café por nós! Bem…essa última já existe há uns tempos.

Não é só a nossa vida pessoal que está mais facilitada – o mundo dos negócios pode ser simplificado através da tecnologia certa, que permita uma gestão da relação com o cliente nos pequenos negócios. Adotar um sistema de CRM é uma ótima maneira de facilitar a vida da sua empresa – contudo, ele não faz tudo por si. Vamos olhar para algumas das melhores estratégias para tirar o máximo potencial do CRM, no caso dos pequenos negócios.

Acesso em qualquer lugar

Os negócios estão a tornar-se cada vez mais móveis. O CRM com base na Cloud está a ser cada vez mais usado. Certifique-se de que escolhe o sistema CRM certo, que pode funcionar em diferentes plataformas e, quando escolher, aconselhe os seus funcionários a usar a plataforma. Podem fazê-lo a partir de qualquer dispositivo – nos computadores pessoais dos funcionários, nos tablets ou nos próprios smartphones.

Levar o software CRM diretamente ao cliente confere algumas vantagens. Por exemplo, os vendedores podem aceder a informação crucial, como inventário ou o histórico do cliente. O vendedor pode adaptar o discurso no local, aumentando as hipóteses de fechar negócio. O acesso a CRM móvel pode conferir o aumento de até 15% nas vendas.

Personalize o seu CRM para o negócio individual

Um dos principais benefícios do software personalizável está no nome: o facto de se poder adaptar ao utilizador. Embora o CRM exista em várias versões, algumas delas permitem adaptação – outras não. Se escolher um software desenhado para o ramo da construção civil e o seu negócio for na restauração, é natural que muitos dos parâmetros não se apliquem.

Felizmente, a maioria dos sistemas podem ser personalizados para as diferentes áreas de trabalho. Para tirar o máximo do seu CRM, certifique-se de que a sua informação mais preciosa – crucial para a sua empresa – está toda integrada no software. Faça-o junto do responsável pelo departamento de TI. Se, por ter um pequeno negócio, ainda não tem um departamento de TI, não tema. O seu técnico de CRM vai conseguir ajudá-lo.

Use o seu CRM para o cliente

Sim, o CRM deve ser utilizado para fazer crescer o negócio, as vendas e os lucros. Em nenhuma circunstância deve ser usado para dar ao cliente uma má experiência. Na verdade, o sistema só deve permitir ao consumidor um melhor contacto com o produto/serviço. Por isso, deverá usar o CRM para tornar mais simples a vida do seu negócio e dos seus clientes. Afinal, 70% da experiência de compra de um consumidor é baseada em como o consumidor sente que é tratado.

Muitas empresas de grande dimensão estão até a contratar novos colaboradores para o cargo de Chief Customer Experience Officers (ou CCEOs). Como dono de uma pequena empresa, o mais provável é já exercer este cargo – ao mesmo tempo que é CEO, CIO, CFO e todos os outros cargos que envolvam um “C” e um “O”. Use o CRM em seu proveito. Acelere a possibilidade de encomenda para os clientes e elimine os erros. Quantas vezes tentou comprar alguma coisa numa loja ou restaurante e acabou a descobrir que não havia stock ou que o preço era outro? Quando muitos clientes têm esta experiência, não esperam que o artigo volte a estar em stock – simplesmente vão comprar a outro lado. O sistema CRM é feito à medida para terminar com esse tipo de erros e certificar-se de que o cliente recebe tudo conforme pediu.

Continue organizado através do CRM

A melhor forma de retirar partido do CRM é usá-lo! Não usar apenas porque sim. É necessário utilizar o sistema para tudo. Existe uma quantidade enorme de informação que a sua empresa está a criar todos os dias – desde números de vendas até informações de contacto e inventário. Para conseguir retirar o máximo desses dados, precisa de torná-los acessíveis a toda a gente.

Lembre-se, por muito que o CRM possa ajudar o seu negócio, não pode fazer tudo sozinho. Certifique-se de que está a ajudar o sistema a ajudá-lo a si.