5 formas de fazer a diferença com Software CRM

Já deve ter perdido a conta ao número de pessoas que lhe disseram que o sistema CRM era bom para o seu negócio. Alguns dizem que “é o futuro!”, depois, aparece um artigo que diz que CRM para pequenos negócios é o novo standard.

Qual deles diz a verdade? Porque é que toda a gente diz que o sistema é tão bom (no presente ou no futuro) e, mais importante, como é que é suposto o software dar resultados?
Todas elas são questões válidas.

Vamos olhar para 5 formas de usar o software CRM e torná-lo na base da relação com o cliente.

Mobilidade

Alguma vez teve que correr para a cabine telefónica mais próxima e confirmar se nenhum cliente deixou uma encomenda no seu voicemail? Há anos que a resposta é “não”. Contudo, não foi assim há tanto tempo que esta era uma realidade para a equipa de vendas de uma empresa. Na verdade, era uma ocorrência de todos os dias.

Atualmente, uma percentagem de 89% dos funcionários utiliza um aparelho móvel no local de trabalho. 67% das empresas garante que iria tornar-se menos competitiva se abdicasse dos telemóveis/tablets.

As empresas deviam abraçar a mobilidade. Muitos dos sistemas de gestão de relação com clientes são criados com o objetivo de conferir mobilidade aos negócios, libertando os vendedores e outros funcionários do tempo que passam agarrados à mesa de trabalho.

Aumente o fecho de vendas

Esqueça o tempo em que tinha que ligar para o escritório para fazer uma encomenda. Todos os que já trabalharam em qualquer tipo de vendas, quer seja retalho, restauração, ou um stand de carros, sabe que quando um cliente desiste porque precisa de “tempo para pensar”, provavelmente, não vai voltar.

As hipóteses de fechar a venda, após o cliente ter saído do local, são muito reduzidas.
Em vez disso, feche logo a venda no local de trabalho do cliente, com CRM móvel.

De acordo com um estudo do grupo Aberdeen, 76% das empresas com sistemas de venda móveis alcançam os objetivos, comparadas com 53% daqueles que não possuem mobilidade.

Mantenha os seus clientes felizes

Embora seja vantajoso ter a possibilidade de fechar a venda no local, aplicar táticas de alta pressão aos consumidores vai diminuir as hipóteses de eles voltarem.

Os clientes querem empresas que tomem conta deles – uma empresa que lhes forneça um produto ou serviço que eles procuram e um bom serviço de apoio.
Ninguém quer sentir-se enganado. Um cliente que se sinta enganado não só vai deixar de estar interessado, como pode, facilmente, criar comentários negativos online sobre a sua empresa – prejudicando a procura de novos interessados.

De acordo com o portal Marketing Metrics, a probabilidade de vender a um cliente já existente é de 60-70%, enquanto a perspetiva de vender a um novo interessado desce até aos 5%.

O software CRM torna o serviço ao cliente mais fácil, passando a ser mais simples resolver questões relacionadas com queixas e marcando os consumidores que poderão estar interessados no seu produto.

Coloque toda a gente a trabalhar em equipa

Por vezes, um pouco de competição pode ajudar a equipa de vendas a melhorar a performance. Encorajá-los a ultrapassarem-se com a oferta de um bónus final é, normalmente, uma forma de melhorar o desempenho. Contudo, esta competição pode levar a problemas relacionados com os clientes, e mesmo a problemas com o staff.

Muitas empresas melhoram com a colocação dos funcionários a trabalhar juntos e os clientes são aqueles que mais beneficiam disso. Lembre-se, um cliente feliz é um dos que vai voltar e, provavelmente, comprar mais.

De acordo com McKinsey, 70% dos consumidores tomam a decisão de compra com base na forma como são tratados.

Os seus vendedores devem ser capazes de trabalhar em conjunto e o sistema CRM facilita esta tarefa. Nos formatos tradicionais, cada vendedor pode ter a sua estratégia e técnica – tudo desde manter um armazém de cartões de visita no carro até afixar notas no cubículo.

O software CRM permite a livre circulação de informação entre funcionários, mesmo de diferentes departamentos. Toda a informação sobre clientes será guardada numa localização centralizada.

Esqueça o tempo em que procurava desesperadamente pela folha de cálculo Excel no computador de um dos seus funcionários – com o CRM na Cloud, toda a informação está acessível a partir de qualquer local.
Se um cliente tem um problema, o funcionário do departamento de apoio vai poder ter acesso a toda a informação do histórico de interações com aquele cliente – tudo desde a compra do produto até encomendas. Tudo isto irá permitir uma resolução muito mais veloz das questões levantadas.

Saiba mais sobre o seu negócio

Estamos a falar de Big Data aqui. Se não tem a certeza do que é Big Data: é toda a informação que a sua empresa processa a uma escala diária, semanal, mensal, anual…tudo.
De onde vêm estes dados? Do seu sistema CRM.

Cada vez mais empresas usam “big data” para se manterem competitivas – na verdade, 65%.

Tudo o que é inserido no seu sistema CRM – informação sobre o cliente, números de vendas, lucros da empresa – esta informação não precisa de estar lá sem ser usada.

O sistema pode ser construído para trabalhar por si. Para desenvolver projeções para o seu negócio. Para descobrir quem é o seu melhor vendedor, apenas com um clique. Foque-se nos produtos que dão mais dinheiro à sua empresa. As possibilidades estão limitadas apenas pela sua ingenuidade.

O sistema CRM pode fazer grandes avanços na relação que os clientes têm com a sua empresa. Pode ajudar os seus vendedores a aumentar os números. Pode propiciar o trabalho em equipa. E, talvez o mais importante, pode ajudar a garantir a felicidade dos seus clientes e a fazê-los voltar.