10 comportamentos de todos os empreendedores de sucesso

A consultora Gallup revela no seu estudo que “50% das novas empresas fecham nos seus primeiros 5 anos”.

Uma taxa de insucesso que deixa, certamente, qualquer empreendedor a pensar 5 vezes antes de agir. E qual serão as razões deste insucesso?

É verdade que alguns dos motivos estão fora do nosso controlo (alteração do comportamento do mercado, quebra da rede logística ou introdução de sistemas de regulação), mas os fatores externos, por si só, não vaticinam o sucesso ou insucesso de uma empresa.

Então, o que pode um empreendedor controlar para ter sucesso?

Sendo as startups empresas com um número muito reduzido de colaboradores, é fácil deduzir que o possível sucesso do negócio possa estar relacionado com os atributos comportamentais dos seus fundadores. A forma destes atuarem torna-se então determinante para a superação da tal barreira dos 5 anos.

Muitos de nós reconhecemos que um empreendedor é feito de uma “fibra especial”. Mas o que é esta “fibra” de que tanto se fala? Seja por nos sentirmos adversos ao risco, ou por nos acharmos míopes no reconhecimento de novas oportunidades, a verdade é que não sabemos, com precisão, se os comportamentos de sucesso associados ao empreendedorismo são (ou não) inatos.

Aqui está a estatística que faltava: “tendencialmente, 37% a 48% dos comportamentos associados ao empreendedorismo são genéticos”.* Este estudo diz-nos que a genética tem alguma preponderância na construção da tal “fibra do empreendedor”, mas não o suficiente para deitar a ambição de um comum mortal por terra. Objetivamente, ainda existe muita margem para explorar e aperfeiçoar fatores como a perícia, o conhecimento e a experiência. E estes, só poderão ser são adquiridos com o tempo.

Quais são os comportamentos de um empreendedor de sucesso?

É aqui que a necessidade aguça o engenho. E que a vontade se sobrepõe ao talento.
Reconhecer que traços comportamentais os empreendedores de sucesso têm em comum e, conscientemente, melhorá-los, é das decisões mais eficazes que se pode tomar quando se quer iniciar um negócio.

  1. Foco: Ter a capacidade de tomar decisões que estão diretamente relacionadas com os objetivos.
  2. Confiança: Ter a capacidade de se conhecer a si próprio e compreender os outros.
  3. Criatividade: Conseguir acrescentar algo a uma ideia ou produto existente.
  4. Delegar: Reconhecer que não pode controlar tudo.
  5. Resiliência: Ter a capacidade de recuperar e de superar as diferentes adversidades que encontra.
  6. Autonomia: Realizar qualquer tarefa critica para o sucesso do negócio.
  7. Investigação: Procura incessante de informação que poderá produzir efeito direto nos resultados.
  8. Promotor: Ser o melhor porta-voz do negócio.
  9. Relacionamento: Ter capacidade de construir relacionamentos benéficos para empresa.
  10. Risk-Taker: Saber identificar e gerir positivamente situações de alto risco.

Agora que conhece os diferentes comportamentos que o colocam no caminho do sucesso, comece já a desenvolvê-los e os resultados certamente que aparecerão.

 

*Nicolaou, Nicos; Shane, Scott – The genetics of entrepreneurial performance: International Small Business Journal (2013)